Ensaio Pré-selecionado de Daniela Torrente

Na Era Vitoriana (1837 a 1901), período do reinado da Rainha Vitória na Inglaterra, com a chegada das câmeras fotográficas, as mães inglesas buscavam ter uma lembrança de seus filhos ainda pequenos.

Porém, nessa época, a fotografia precisava de uma longa exposição e isso era um desafio na hora de fotografar bebês e crianças sem paciência que não paravam quietas.

A solução adotada pelos fotógrafos foi incluir as mães nas fotos, para que as crianças se acalmassem,porém, as mães não podiam aparecer. Para isso eram “disfarçadas” com cortinas, toalhas, colchas ou qualquer pano que as cobrissem por completo.

Na fotografia fica óbvio a presença materna, o que nos traz uma estética afetiva e ao mesmo tempo perturbadora.

A partir desse fato histórico, desenvolvo esse projeto para provocar novamente todas essas reflexões e ampliar a discussão trazendo para a contemporaneidade.

Certamente, hoje podemos trazer outras leituras como a invisibilidade da mãe, a mulher na sociedade patriarcal, a falta de identidade própria, a ausência do pai e ainda a negação de si mesma priorizando os filhos.

Seja um protagonista da exposição Convocatória PEF 2021 na Quadra da Matriz Centro Histórico ©Meca

Com a nova data do Paraty em Foco -DE 27 a 31 de OUTUBRO -, as inscrições da Convocatória PEF 2021 ficarão abertas até 19 DE SETEMBRO. Agradecemos a participação de todos pela confiança no trabalho do Paraty em Foco e sua Equipe. O resultado final será divulgado no dia 03 de outubro. Participe, não deixe para a última hora. Você poderá ser um dos protagonistas desta edição. Confira o regulamento: https://www.pefparatyemfoco.com.br/regulamento-2021